RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

O projeto do Império do Brasil para promover a importação de mão de obra chinesa : uma análise das representações das elites brasileiras acerca do chinês (1870-1883)

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Reis, Fabio Tófolo;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/0610930817479045;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Moreira, Paulo Roberto Staudt;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/7416066730700319;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1 Witt, Marcos Antônio;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1Lattes http://lattes.cnpq.br/5004407197335303;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title O projeto do Império do Brasil para promover a importação de mão de obra chinesa : uma análise das representações das elites brasileiras acerca do chinês (1870-1883);
metadataTrad.dc.description.resumo O presente trabalho teve como foco de pesquisa o projeto lançado pelo governo do Império do Brasil em 1870, com a finalidade de importar mão de obra chinesa, estando em vigor até 1883, quando se deu o seu abandono. O objetivo central consistiu em analisar as representações forjadas pelas elites brasileiras acerca do chinês, a partir das discussões e materiais produzidos em torno das questões que se abriram sobre a Para a análise do objeto proposto, considerou-se operacional o conceito de“representações”, segundo a definição elaborada por Roger Chartier, tendo em vista que propõe identificar como que a realidade social é construída a partir de um determinado grupo social. A guisa de conclusão, verificou-se que as elites brasileirasvisavam inserir os chineses no país como instrumentos de trabalho, sob um regime de servidão contratual que estipulava módica remuneração e tempo de serviço, de modo a lhes impossibilitar que pudessem se tornar cidadãos, amparando-se para tanto, em teorias raciais que postulavam a sua inferioridade e portanto, um elemento indesejado para a constituição do povo nacional. As principais fontes utilizadas foram:o “Decreto n° 4547” de 1870, que deu início ao projeto de importação de mão de obra chinesa; “Demonstração das Conveniências e Vantagens à Lavoura no Brasil pela Introdução de Asiáticos (da China)”, publicada em 1877 pela Sociedade Importadora de Trabalhadores Asiáticos, companhia criada com tal finalidade; o “Congresso Agrícola”, realizado no Rio de Janeiro em 1878; os “Anais” do Parlamento, sobretudo do ano de 1879; e documentos produzidos pela Sociedade Antiescravidão, entidade britânica.;
metadataTrad.dc.description.abstract The present work was focused on the project launched by the government of the Empire of Brazil in 1870, with the purpose of importing Chinese labor, and was in force until 1883, when it was abandoned. The main objective was to analyze the representations forged by the Brazilian elites about the Chinese, from the discussions and materials produced around the questions that were opened about the introduction of Chinese in the country, commonly called "coolies". For the analysis of the proposed object, the concept of "representations" was considered operational, according to the definition elaborated by Roger Chartier, in order to identify how social reality is constructed from a certain social group. In conclusion, it was verified that the Brazilian elites aimed to insert the Chinese in the country as instruments of work, under a regime of contractual servitude that stipulated modest remuneration and time of service, in order to make it impossible for them to become citizens, based on racial theories that postulated their inferiority and therefore, an undesirable element for the constitution of the national people. The main sources used were: Decree No. 4547 of 1870, which initiated the project to import Chinese labor; "Demonstration of Conveniences and Advantages to Farming in Brazil by the Introduction of Asians (from China)", published in 1877 by the Asian Workers' Import Society, a company created for this purpose; the "Agricultural Congress", held in Rio de Janeiro in 1878; the "Annals" of Parliament, more specifically from 1879; and documents produced by the British Anti-Slavery Society.;
metadataTrad.dc.subject Escravidão; Racismo; Cules chineses; Império do Brasil; Slavery; Racism; Chinese coolies; Empire of Brazil;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::História;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2020-05-22;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/9170;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em História;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics