RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Açorianos e suas estratégias de inserção socioeconômica no povoamento do sul da América portuguesa (Rio Pardo, segunda metade do século XVIII)

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Rosa, Cibele Caroline da;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/8974692084487123;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Vendrame, Maira Ines;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/2473094071164088;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Açorianos e suas estratégias de inserção socioeconômica no povoamento do sul da América portuguesa (Rio Pardo, segunda metade do século XVIII);
metadataTrad.dc.description.resumo Esta pesquisa analisa estratégias de inserção sociais e econômicas de migrantes açorianos no sul da América portuguesa. O local escolhido é a freguesia de Nossa Senhora do Rosário de Rio Pardo, durante a segunda metade do século XVIII.Nesse período, diversos moradores das nove ilhas que compõe o arquipélago dos Açores (Portugal insular) deslocaram-se para o povoamento da América, com destaque para as áreas fronteiriças, como o então Continente do Rio Grande de São Pedro, região de interesse entre as Coroas portuguesa e espanhola. A pesquisa procurou identificar esse processo migratório repensando as motivações dos ilhéus para a saída do Arquipélago, bem como a chegada em Rio Pardo. Com o foco para as ações dos sujeitos migrantes, demonstram-se as múltiplas estratégias desses sujeitos para o estabelecimento na região, notadamente fronteiriça e em constante movimento. A partir da análise serial de fontes paroquiais (registros de batismo e matrimônios da freguesia de Nossa Senhora do Rosário de Rio Pardo), Relação de Moradores que possuíam campos e animais no Continente e outras fontes, tais como os Autos de Justificava do Matrimônio (1753-1763), percebe-se que a presença açoriana se deu desde os primeiros anos de fundação da freguesia, o que é verificado através das escolhas matrimoniais e de compadrio, além do acesso a terra e atividades econômicas desenvolvidas. Através de concepções de um Antigo Regime nos Trópicos, aliadas à inspiração metodológica da Micro-História italiana, demonstra-se que nem todos aqueles que migraram das ilhas para a região de Rio Pardo formaram uma massa pobre e submissa aos mandos da Coroa portuguesa. Com o cruzamento nominativo, foi possível analisar estratégias de um grupo de migrantes que alimentavam uma rede de múltiplas relações, imbricadas tanto social quanto economicamente.;
metadataTrad.dc.description.abstract This research analyzes strategies of social and economical insertion of Azoreans immigrants in the south of the Portuguese America. The chosen place is the parish of Nossa Senhora do Rosário de Rio Pardo throughout the second half of the XVIII century. In this period, many residents from the nine islands that form the Azores archipelago (Insular Portugal) moved to populate America, with highlights to the border areas such as the then Continent of Rio Grande de São Pedro, a region of interest among the Portuguese and Spanish crown. The research tried to identify this migration process rethinking the motivations that led islanders to leave the archipelago, as well as the arrival in Rio Pardo. With focus given to the actions of such immigrants, multiple strategies have been shown from these subjects to the establishment in the region, notedly from border regions and constant moving places. From the serial analysis from paroquial sources (baptism registries and matrimonies from Nossa Senhora do Rosário de Rio Pardo), list of residents who own lands and animals in the continent and other sources, it is notable that the Azorean presence happened in the first years of the foundation that is verified through spiritual relationships and selecting a godparent, as well as access to the lands and ongoing economical activities at the time. Through conceptions of an old regime in the Tropics, liked to the meteorological inspirations of the Italian micro-history, it is demonstrated that not all those that migrated from the islands to the region of Rio Pardo formed a poor and submissive mass of people from the Portuguese crown. With nominative crossing, it was possible to analyze strategies of a group of immigrants that fed a network of multiple relations imbricated socially and economically.;
metadataTrad.dc.subject Migração Açoriana; Continente de Rio Grande de São Pedro; Antigo Regime nos Trópicos; Estratégias de Inserção Sociais e Econômicas; Rio Pardo; Azorean Migration; Continent of Rio Grande de São Pedro; Old Regime in the Tropics; Strategies of Social and Economical insertion; Rio Pardo;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::História;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2020-04-20;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CNPQ – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/9167;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em História;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics