RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Por uma ética em Heidegger : a fundamentação ontológica para o agir ético

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Webber, Marcos André;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/1527159405361724;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Rohden, Luiz;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/8262728507671434;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Por uma ética em Heidegger : a fundamentação ontológica para o agir ético;
metadataTrad.dc.description.resumo Esta tese tem como objetivo identificar as condições existenciais para a experiência moral a partir da filosofia de Martin Heidegger, evidenciando a necessidade de se conceber um fundamento ontológico para o agir ético. Uma vez que Heidegger situa a ética na esfera ôntica, argumenta-se que, prévia à ética, há uma instância ontológica, que ao mesmo tempo estabelece as condições e os limites a partir dos quais o agir ético se faz possível. E na medida em que a analítica existencial passa a ser concebida como uma instância prévia à moralidade, o agir ético passa a ser compreendido a partir de um fundamento ontológico originário, como resposta do próprio Dasein à tarefa de existir. Em um primeiro momento, é abordada a conversão interna da ontologia fundamental em uma metaontologia, indicando a metafísica da existência como o domínio no qual a questão de uma ética pode ser tratada a partir da filosofia heideggeriana. Uma vez que a metaontologia possibilita a problematização das ontologias regionais, é no domínio do perguntar metaontológico-existenciário que a ética pode vir a ser tematizada à luz da ontologia fundamental. A seguir, busca-se estabelecer uma relação da ética com a ontologia, evidenciando a analítica existencial como uma instância pré-reflexiva, prévia à moralidade. As situações éticas surgem sempre ao Dasein fático, motivo pelo qual a reflexão filosófica precisa ser capaz de abarcar as particularidades nas quais o Dasein singular está desde sempre lançado. Ao final, busca-se sustentar que, na forma como Heidegger compreende o agir ético, este possui um fundamento ontológico originário, o qual diz respeito a um modo de ser, ao como que acompanha o comportamento ético do Dasein, expresso no ser-ético-no-mundo enquanto existencial.;
metadataTrad.dc.description.abstract This thesis aims to identify the existential conditions for the moral experience based on Martin Heidegger's philosophy, putting in evidence the necessity of conceiving an ontological ground for ethical action. Once Heidegger situates ethics in the ontic sphere, it is argued that, prior to ethics, there is an ontological instance, which establishes both the conditions and the limits through which the ethical action becomes possible. And insofar as existential analytic is conceived as a prior instance to morality, the ethical action is understood from an original ontological ground, as an answer given by the proper Dasein to the task of existing. Initially, it is approached the overturning of the fundamental ontology into a metontology, indicating the metaphysics of existence as the domain in which the question of an ethics may be addressed through heideggerian philosophy. Once metontology makes possible to take regional ontologies as philosophical problems, it is in the domain of the metontological-existentiell questioning that ethics may become thematic in the light of fundamental ontology. Hereinafter, it is intended to establish a relation between ethics and ontology, putting in evidence existential analytic as a pre-reflexive instance, prior to morality. Ethical situations emerge always to factical Dasein, reason why philosophical thinking needs to be able to address the particularities in which singular Dasein is always thrown. Finally, it is intended to argue that, in the way Heidegger understands ethical action, it has an original ontological ground, which involves a way of being, and concerns to the how that follows Dasein's ethical behavior, expressed in being-ethical-in-the-world as an existential.;
metadataTrad.dc.subject Heidegger; Ética; Fundamento ontológico; Ser-ético-no-mundo; Heidegger; Ethics; Ontological ground; Being-ethical-in-the-world;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Filosofia;
metadataTrad.dc.type Tese;
metadataTrad.dc.date.issued 2020-05-26;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/9165;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Filosofia;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics