RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Cultura cooperativista como potencializador de eficiência cooperativista: um estudo de caso da cooperativa de crédito SICREDI pioneira

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Baioto, Carlos Daniel;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/0757877154758306;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Ferrarini, Adriane Vieira;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/3823939489789066;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1 Schneider, Jose Odelso;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1Lattes http://lattes.cnpq.br/8503771746335791;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Humanidades;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Cultura cooperativista como potencializador de eficiência cooperativista: um estudo de caso da cooperativa de crédito SICREDI pioneira;
metadataTrad.dc.description.resumo Ao pensarmos a contemporaneidade, identificamos um ambiente complexo com múltiplas formas de organização da vida em sociedade, bem como evidências de um processo de transição de paradigmas ainda não compreendidos na sua totalidade. Neste sentido, utilizamos Edgar Morin como referência analítica do contexto de transição. Reconhecemos que no campo da economia, também há necessidade de análises que demonstrem esta complexidade, pois os paradigmas da economia moderna têm demonstrado limites interpretativos e, por consequência, problemas socioeconômicos e ambientais. Esta perspectiva possibilita análises mais complexas e plurais sobre o conceito de economia. Desenvolvemos nossas percepções sobre este campo com base em Karl Polanyi e Amartya Sen, que demonstram formas de economia mais plurais e sustentáveis. Neste campo de análise, identificamos o cooperativismo como uma dimensão mais substantiva de organização socioeconômica de trabalho – um modelo mais adequado às necessidades da economia contemporânea. Na gestão do empreendimento cooperativo, as dimensões social e econômica estão diretamente correlacionadas, por se tratar de um modelo de organização voltado à melhoria da qualidade de vida das pessoas. Nesta pesquisa, objetivamos investigar a importância da Educação Cooperativa como forma de gerar um capital social específico deste modelo de organização, como indicador de resultado de um modelo de gestão cooperativista. Este indicador estaria relacionado a uma forma de eficiência que incorpora tanto elementos sociais como econômicos na análise de indicadores de resultado. Delimitamos como estudo de caso as experiências de projetos voltadas ao fomento da cultura cooperativista desenvolvidos pela cooperativa de crédito Sicredi Pioneira. A metodologia desenvolvida incorporou um conjunto de procedimentos relacionados a evidenciar a influência da cooperativa no fomento da educação cooperativista e geração de um capital social específico do cooperativismo, e a evidenciar referências de indicadores que demonstram uma eficiência voltada à proposta cooperativista. Neste sentido, trabalhamos com estudo de caso da cooperativa referenciada, entrevistas, diário de campo, análise sócio-histórica e, em profundidade, as ações relacionadas diretamente ao fomento de uma cultura cooperativista na comunidade. Os resultados desta pesquisa demonstraram que o investimento na educação cooperativista representa um indicador importante para evidenciar uma eficiência cooperativista, e que as ações desenvolvidas pela cooperativa em educação cooperativista têm atuado como fonte de um capital social na comunidade onde atua – no caso, a cidade de Nova Petrópolis. Entendemos que a pesquisa apresentada respalda a necessidade de construção de indicadores de resultados na análise de gestão de cooperativas que incorporem o fomento à cultura cooperativista como fator estratégico para a sustentabilidade deste modelo de organização.;
metadataTrad.dc.description.abstract When thinking of contemporaneity, we identify a complex environment with multiple forms of organizing life in society, as well as evidence of the transition of paradigms, which have not yet been understood in their totality. In this regard, we use Edgar Morin as analytic reference of the context of transition. In the field of economy, there is demand for analysis which takes in account this complexity, as the paradigms of modern economy have shown interpretative limitations and in consequence socioeconomic and environmental problems. This perspective allows more complex and plural analysis about the concept of economy. We develop out perceptions in this field based on Karl Polanyi and Amartya Sen who show more complex and plural forms of economy. In this field of analysis, we identify cooperativism as a more substantive socioeconomic work organization – a more adequate model for the needs of contemporary economy. In the management of cooperative entrepreneurship, the social and economic dimensions are directly correlated, as the model focuses on the improvement of life quality of people. In this research, we aim to investigate the importance of the social capital, which is specific for this organization model, as performance indicator of a cooperative management model. This indicator would be related to a form of efficiency which incorporates social and economic elements in the performance indicator analysis. The case study is delimited to the experience in projects focused on promoting the cooperative culture by the credit cooperative Sicredi Pioneira. The methodology developed incorporates a bundle of procedures in order to emphasize the impact of the cooperative in the promotion of a cooperativism specific social capital and the indicator references which demonstrate an efficiency focused on the cooperative proposal. In this context, we work with a case study of the cooperative previously mentioned, interviews, field diary, sociohistorical analysis and the actions directly related to the promotion of a cooperative culture in the community. The results of this research show that the cooperative social capital represents an important indicator to emphasize the cooperative efficiency and that the actions taken by the cooperative have served as a source of that social capital in the community of the municipality of Nova Petrópolis. We understand that the present research supports the necessity of developing performance indicators in the analysis of cooperative management which incorporate the promotion of a cooperative culture as a strategic factor for this organization model.;
metadataTrad.dc.subject Capital social; Eficiência cooperativista; Cooperativismo; Cultura cooperativista; Social capital; Cooperative efficiency; Cooperativism;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Humanas::Sociologia;
metadataTrad.dc.type Tese;
metadataTrad.dc.date.issued 2018-01-19;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; FAPERGS - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/7101;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics