RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Cidadania transcomunicativa: processos comunicacionais de mulheres transexuais e travestis

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Luz, Paulo Júnior Melo da;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/4506453000384262;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Bonin, Jiani Adriana;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/5067996940631872;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola da Indústria Criativa;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Cidadania transcomunicativa: processos comunicacionais de mulheres transexuais e travestis;
metadataTrad.dc.description.resumo Esta tese é construída em diálogo com mulheres transexuais e travestis para entender a constituição de suas identidades e corporalidades, em processos comunicacionais e midiáticos, na perspectiva de construção da cidadania transcomunicativa. Para chegar a esse objetivo, são contextualizados aspectos relativos às articulações de mulheres transexuais e travestis na organização de movimentos sociais e políticos, às visibilidades midiáticas e às relações com o cenário político e econômico brasileiro; situados elementos comunicacionais que constituem as existências e cidadanias das mulheres transexuais e travestis; reconstituídas as trajetórias comunicacionais de mulheres transexuais e travestis e suas relações com as mídias para compreender como elas participam da formação de suas identidades e corporalidades; e analisadas as experiências e os sentidos colhidos nos diálogos com as mulheres transexuais e travestis para elucidar e refletir sobre dimensões vinculadas à construção da cidadania transcomunicativa. A pesquisa se orienta pela perspectiva transmetodológica, combinando teorias e métodos de diferentes áreas do conhecimento no seu tecido construtivo. Metodologicamente, se vale de pesquisa bibliográfica, pesquisa da pesquisa, pesquisa teórica, pesquisa contextual, pesquisa empírica exploratória e sistemática. A pesquisa empírica foi construída em colaboração com seis interlocutoras transexuais e travestis, de diferentes regiões do Brasil, com quem foram realizadas entrevistas semiestruturadas em profundidade em locais do Rio Grande do Sul e na Casa Florescer, um lar de acolhimento de mulheres transexuais e travestis em São Paulo. Para entender os contextos e as realidades das interlocutoras e de mulheres trans e travestis do Brasil, são problematizadas as visibilidades midiáticas de pessoas trans nas mídias, a representatividade política nos âmbitos da política institucional, o funcionamento do sistema cisgênero normativo e as violências sistêmicas de uma necrobiopolítica. As perspectivas teóricas incluem a reflexão sobre a cisgeneridade enquanto padrão normativo social, as transgeneridades, o gênero enquanto lente teórica central, as autoidentificações e autodeterminações de gênero das mulheres transexuais e travestis, as feminilidades e as mulheridades, as corporalidades e identidades trans, e a cidadania transcomunicativa. São analisadas as autoidentificações das mulheres trans e travestis interlocutoras da tese e as produções de suas corporalidades; as experiências e inspirações midiáticas das interlocutoras e as afetações nas suas corporalidades; e a construção de cidadania transcomunicativa a partir de seis dimensões: filosófica/epistemológica; política; popular/das ruas; resistência; esperança; e afeto.;
metadataTrad.dc.description.abstract This thesis is constructed in dialogue with transvestites and transsexual women to understand the constitution of their identities and corporalities, in communicational and media processes, in the perspective to build a transcommunicative citizenship. To reach this main goal, are contextualized aspects related to the articulations of transvestite and transsexual women in the organization of social and political movements, the media visibilities and the relations with the Brazilian economic and political scenery; situated the communicational elements that constitute the existences and citizenships of transvestite and transsexual women; reconstituted the communicational trajectories of transvestite and transsexual women and their relations with media to understand how they participate in the construction of their identities and corporalities; and analyzed the experiences and senses from the dialogues with transvestites and transsexual women to elucidate and think about dimensions connected to the construction of transcommunicative citizenship. The research is orientated by the transmethodological perspective, combining theories and methods from different areas in its constructive network. Methodologically, are used bibliographical research, research of the research, theoretical research, contextual research, exploratory and systematic empirical research. The empirical research was built in collaboration with six transvestites and transsexual interlocutors, from different regions in Brazil, with whom were accomplished in-depth semi-structured interviews in Rio Grande do Sul and at Casa Florescer, a shelter for transvestite and transsexual women in São Paulo. To understand the contexts and realities of the interlocutors and from transvestites and transsexual women in Brazil, are problematized the media visibilities of trans people in media, the political representatives in the ambits of the institutional politics, the working of a normative cisgender system and the systemic violence of a necrobiopolitics. The theoretical perspectives include the reflection about cisgender as a social normative pattern, transgender, the gender as central theoretical lens, the self-identifications and self-determinations of gender from transvestite and transsexual women, the feminilities and womanities, the trans coroporalities and identities, and the transcommunicative citizenship. Are analyzed the self-identifications of transvestites and transgender women interlocutors of the thesis and the production of their corporalities; the media experiences and inspirations and the affectation in their corporalities; and the construction of transcommunicative citizenship in six dimensions: philosophical/epistemological; political; popular/from the streets; resistance; hope; and affection.;
metadataTrad.dc.subject Cidadania transcomunicativa; Transmetodologia; Mulheres transexuais e travestis; Corporalidades; Experiências midiáticas; Transcommunicative citizenship; Transmethodology; Transvestite and transsexual women; Corporalities; Media experiences;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Sociais Aplicadas::Comunicação;
metadataTrad.dc.type Tese;
metadataTrad.dc.date.issued 2022-04-29;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/11888;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics