RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Um recurso lexicográfico baseado na semântica de frames no contexto do ensino bilíngue infantil

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Oliveira, Lenir Marina Trindade de;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/1067537110019377;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Chishman, Rove Luiza de Oliveira;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/1643482848844538;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola da Indústria Criativa;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Um recurso lexicográfico baseado na semântica de frames no contexto do ensino bilíngue infantil;
metadataTrad.dc.description.resumo Esse trabalho busca apresentar uma proposta teórico-metodológica na interface entre a Linguística Cognitiva, mais especificamente sob a ótica da teoria da Semântica de Frames, e a Lexicografia Pedagógica, para o desenvolvimento de recursos lexicográficos pedagógicos organizados a partir do conceito de frame semântico. Também temos o objetivo de analisar quais são as convergências possíveis entre a teoria da Semântica de Frames e a ciência da Lexicografia Pedagógica no que diz respeito a suas premissas e postulados; determinar as características presentes em um modelo de recurso lexicográfico pedagógico organizado a partir do conceito de frame, discutindo questões referentes à sua estrutura e, finalmente, apresentar um modelo de descrição linguística dos frames e das unidades lexicais, levando em consideração as características do recurso lexicográfico previsto, como forma de ilustração da proposta. A metodologia do trabalho situa o ambiente e os sujeitos de nossa pesquisa; e ao basear-se na expertise do grupo de pesquisa SemanTec, propõe como procedimento de análise as etapas de: estudo do domínio para realização mapa conceitual, proposição inicial de frames, levantamento das unidades lexicais, apresentação da microestrutura dos frames e das unidades lexicais. Na sequência procedemos à elaboração de uma versão modelar do recurso lexicográfico proposto, onde discorremos em detalhes sobre cada etapa prevista para a criação do produto, apresentando mapa conceitual, os frames propostos e as relações entre eles, as glosas, as unidades lexicais levantadas e a representação de cada uma. Os resultados da pesquisa evidenciam que os pressupostos da Semântica de Frames e da Lexicografia Pedagógica se aproximam por constituírem ferramentas valiosas para a criação de dicionários, por ambas as teorias tratarem de uma concepção diferenciada para a organização do léxico, por olharem com atenção para a importância do contexto e do conhecimento e experiência prévios do falante/consulente, e por contribuírem para uma organização do significado de uma forma mais ampla e contextualizada, favorecendo uma experiência mais eficaz do falante/consulente em relação ao uso/compreensão/aquisição da língua. Ao realizar os passos metodológicos para a elaboração do modelo de recurso a que nos propomos, delineamos as características de nosso recurso lexicográfico pedagógico como sendo um produto especializado no âmbito do cotidiano escolar do ensino bilíngue, tratando-se de recurso bilíngue, ao trazer equivalentes de glosas, frames e unidades lexicais em língua portuguesa. Também trazemos a representação das unidades lexicais através de desenhos realizados pelas crianças. Percebemos, a partir da realização desta pesquisa, que a contribuição da Semântica de Frames para a Lexicografia Pedagógica está no viés da definição; mais especificamente na maneira como o recurso lexicográfico foi produzido, tendo em vista também sua proposta pedagógica. Esse cruzamento de práticas demonstra como a teoria da Semântica de Frames e a ciência da Lexicografia Pedagógica contribuíram uma com a outra na elaboração do modelo de recurso lexicográfico aqui proposto.;
metadataTrad.dc.description.abstract This seeks to present a theoretical-methodological proposal at the interface between Cognitive Linguistics, more specifically from the perspective of Frame Semantics theory, and Pedagogical Lexicography, for the development of pedagogical lexicographical resources organized from the concept of semantic frame. We also aim to analyze what are the possible convergences between the theory of Frame Semantics and the science of Pedagogical Lexicography with regard to their premises and postulates; to determine the characteristics present in a model of pedagogical lexicographical resource organized from the concept of frame, discussing issues related to its structure and, finally, to present a model of linguistic description of frames and lexical units, taking into account the characteristics of the foreseen lexicographical resource , as a way of illustrating the proposal. The methodology of the work situates the environment and the subjects of our research; and based on the expertise of the SemanTec research group, it proposes the following steps as an analysis procedure: study of the domain to create a conceptual map, initial proposition of frames, survey of lexical units, presentation of the microstructure of frames and lexical units. Next, we proceed to the elaboration of a model version of the proposed lexicographical resource, where we discuss in detail each step foreseen for the creation of the product listed in the work methodology, presenting a conceptual map, the proposed frames and the relationships between them, the glosses, the lexical units lexica raised and the representation of each one. The research results show that the assumptions of Frame Semantics and Pedagogical Lexicography are similar because they constitute valuable tools for the creation of dictionaries, since both theories deal with a different conception for the organization of the lexicon. They pay attention to the importance of the context and the previous knowledge and experience of the speaker/consultant, and for contributing to an organization of meaning in a broader and more contextualized way, favoring a more effective experience of the speaker/consultant in relation to the use/understanding/acquisition of the language. When carrying out the methodological steps for the elaboration of the resource that we propose, we outlined the characteristics of our pedagogical lexicographical resource as a specialized product in the scope of the school routine of bilingual education, in the case of a bilingual resource, by bringing equivalents of glosses, frames and lexical units in Portuguese. We also bring the representation of lexical units through drawings made by children. We realized from the accomplishment of this research that the contribution of Frame Semantics to Pedagogical Lexicography is in the definition bias; more specifically in the way the lexicographical resource was produced, also considering its pedagogical proposal. This intersection of practices demonstrates how both the Frame Semantics theory and the science of Pedagogical Lexicography contributed to each other in the elaboration of the lexicographical resource model proposed here.;
metadataTrad.dc.subject Linguística cognitiva; Semântica de frames; Lexicografia pedagógica; Ensino bilíngue; Cognitive linguistics; Frame semantics; Pedagogical lexicography; Bilingual teaching;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::Lingüística;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2022-02-24;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/11157;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics