RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Avaliação da resistência à corrosão de barras de aço galvanizados em grampos para obras de contenção

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Souza, Stefania Darold;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/5624697260357105;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Mancio, Mauricio;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/4760250136044505;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1 Silveira, Felipe Gobbi;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1Lattes http://lattes.cnpq.br/1797802435782331;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola Politécnica;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Avaliação da resistência à corrosão de barras de aço galvanizados em grampos para obras de contenção;
metadataTrad.dc.description.resumo A técnica de solo grampeado nos últimos anos está sendo cada vez mais empregada em obras de estabilização de taludes e escavações. Até o início de 2020 não existia uma norma brasileira para projeto e execução de estruturas de solo grampeado. Também não existindo recomendações técnicas em relação ao material de injeção (pasta de cimento1) ou a barra a ser utilizada e sua respectiva durabilidade, era de comum acordo a utilização de manuais ou normas internacionais. A durabilidade de uma estrutura é determinada por vários fatores e quando essa estrutura envolve componentes metálicos, um dos principais é a corrosão. Por este motivo, as barras de aço utilizadas no mercado atualmente possuem uma camada de galvanização, e, além da proteção galvânica a segunda camada de proteção é feita pela pasta de cimento, a qual precisa ser fluida para melhor execução da injeção, o que acaba por elevar a relação água/cimento (a/c) da mistura. Deste modo, nesse trabalho foram estudadas formas de mitigar características intrínsecas das pastas que poderiam de alguma forma acelerar o processo de corrosão. Foram realizados ensaios em estado fresco, endurecido e eletroquímicos em duas pastas com fluidez similar, mas com distintas relações a/c (0,50 e 0,35) com diferentes tipos de cura e expostas ou não a um ambiente agressivo com a presença de cloretos. Assim, foi possível perceber que as pastas com relação a/c 0,35 apresentaram resultados mais satisfatórios para porosidade, menor absorção e fissuração e maior resistência do que as pastas com a/c 0,50. Quando comparadas as pastas em relação a penetração de cloretos, obteve-se uma penetração média sete vezes superior para a pasta com relação a/c 0,50, em comparação à pasta com relação a/c 0,35 e aditivo.;
metadataTrad.dc.description.abstract The soil nail in recent years has been increasingly used in slope stabilization and excavation works. Until the beginning of 2020 there was no Brazilian standard for the design and execution of stapled soil structures. There were also no technical recommendations in relation to the injection material (cement paste) or the bar to be used and its respective durability, it was common agreement to use manuals or international standards. The durability of a structure is determined by several factors and when this structure involves metallic components, one of the main ones is corrosion. For this reason, the steel bars currently used in the market have a galvanizing layer, and, in addition to the galvanic protection, the second protection layer is made by cement paste, which needs to be fluid for better injection execution, which ends up by raising the water/cement ratio (w/c) of the mixture. Thus, in this work, ways to mitigate the intrinsic characteristics of the pastes that could somehow accelerate the corrosion process were studied. Fresh, hardened and electrochemical tests were carried out on two pastes with similar fluidity, but with different w/c ratios (0.50 and 0.35) with different types of cure and exposed or not to an aggressive environment with the presence of chlorides. Thus, it was possible to see that the pastes with w/c 0.35 presented more satisfactory results for porosity, less absorption and cracking and greater strength than the pastes with w/c 0.50. When the pulps were compared in relation to chloride penetration, an average penetration rate was seven times higher for the pulp with a relation w/c 0.50, compared to the pulp with a relation w/c 0.35 and additive.;
metadataTrad.dc.subject Solo grampeado; Pasta de cimento; Corrosão; Cloretos; Monitoramento; Taxa de corrosão; Galvanização; Soil nail; Cement paste; Corrosion; Chlorides; Monitoring; Corrosion rate; Galvanizing;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Engenharias::Engenharia Civil;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2021-11-21;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/10799;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics