RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Fluxograma de acolhimento das situações de urgência e emergência na atenção primária em saúde

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Silveira, Andréia da;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/8811826288965633;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Micheletti, Vania Celina Dezoti;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/1661437592439970;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1 Ciconet, Rosane Mortari;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1Lattes http://lattes.cnpq.br/2198380514342543;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Saúde;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Fluxograma de acolhimento das situações de urgência e emergência na atenção primária em saúde;
metadataTrad.dc.description.resumo A Atenção Primária em Saúde (APS) constitui a porta preferencial de entrada no Sistema Único de Saúde (SUS), tendo como dispositivo de acesso o Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) mediante a escuta qualificada, que possibilita priorizar os atendimentos das condições agudas e crônicas agudizadas, pois classifica o potencial de risco e/ou agravo à saúde, favorecendo o atendimento de forma oportuna e adequada. Objetivo: Construir um fluxograma para o acolhimento de situações de Urgência e Emergência (UE) na APS do Município de Gramado/RS. Método: pesquisa metodológica, desenvolvida em três etapas: contextualização descritiva das demandas atendidas no ACCR e as classificadas como urgências, medicações e insumos utilizados para os atendimentos; pesquisa documental sobre normativas e políticas nacionais de UE; construção e validação do fluxograma de acolhimento para UE na APS. Os dados do estudo foram obtidos a partir dos acolhimentos por demanda espontânea, no período de janeiro a julho de 2019, sendo as queixas prevalentes relacionadas aos sistemas respiratório (21%), musculoesquelético (13%) e gastrointestinal (9%). Ao serem avaliados na classificação de risco, identificou-se que predominaram as situações relativas ao sistema cardiovascular (31%), seguido da dor intensa (27%) e febre (10%), bem como a procura por atendimento para renovação de receitas e mostrar exames. Constatou-se que predominam usuárias do sexo feminino, com idades entre 31 a 40 anos. A resolutividade da APS em relação aos atendimentos por demanda espontânea foi de 97%, porém 3% foram encaminhados para o hospital, para continuidade dos cuidados. O estudo identificou a indisponibilidade de medicamentos para os atendimentos das situações de UE na APS do Município. Para a elaboração dos produtos deste estudo, foram utilizadas produções encontradas na pesquisa documental. A validação do fluxograma aconteceu mediante a técnica do Grupo Focal (GF), da qual participaram enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem. Constatou-se que não há padronização para os atendimentos por demanda espontânea na APS do Município, assim como nem todos os enfermeiros realizam o ACCR. Nesse sentido, os produtos deste estudo: elaboração de fluxograma de acolhimento das situações de UE na APS, plano de ação para apoio e diretrizes das ações das equipes de enfermagem e o folder explicativo da classificação de risco, poderão contribuir para a melhoria dos atendimentos por demanda espontânea nas Unidades de Saúde (US);
metadataTrad.dc.description.abstract Primary Health Care (PHC) is the preferred door of entry into the Unified Health System (SUS), and the Reception with Risk Classification (RRC) is a means of access in the PHC, where qualified listening enables the prioritization of care for patients with acute conditions and chronic conditions in acute state, as it classifies the potential for risk and/or health problems, favoring care in a timely and appropriate manner. Objective: To develop a flowchart for reception of urgency and emergency (UE) situations in the PHC context in the Municipality of Gramado/ RS. Method: This is a methodological research, developed in three stages: descriptive contextualization of the healthcare demands attended in the RRC and the classified as urgency, medications and inputs used for care; documentary research concerning national regulations and policies in UE; development and validation of the reception flowchart for UE in PHC. The study data were collected from the reception of spontaneous demand from January to July 2019, with the prevalent complaints related to the respiratory (21%), musculoskeletal (13%) and gastrointestinal (9%) systems. Through patients` evaluation and risk classification, it was identified that the symptoms related to the cardiovascular system prevailed (31%), followed by intense pain (27%) and fever (10%), as well as the search for assistance for renewing prescriptions and showing exams. It was found that female users predominate, aged between 31 and 40 years. The resolvability of the PHC in relation to attendance due to spontaneous demand was 97%, however 3% were referred to hospital for the continuity of care. The study identified the unavailability of medications to assist UE situations in PHC in the city. For the development of the products of this study, the productions found in the documentary research were used. The flowchart was validated using the Focal Group (FG) technique, in which nurses, doctors and nursing technicians participated. It was found that there is no standardization of care of patients who spontaneously seek health assistance in the municipality's PHC, and that not all nurses perform the RRC. In this sense, the products of this study: development of a reception flowchart for UE situations in PHC, action plan for support and guidelines for the nursing teams and informative folder regarding risk classification, will contribute to the improvement of care in the context of spontaneous demand in Health Units (US).;
metadataTrad.dc.subject Enfermagem; Atenção primária em saúde; Acolhimento; Classificação de risco; Demanda espontânea; Fluxograma; Nursing; Primary health care; Reception; Risk rating; Spontaneous demand; Flowchart;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências da Saúde::Enfermagem;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2020-05-28;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/9176;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Enfermagem;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics