RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Mecanismos de governança e geração de ganhos relacionais: uma análise em cadeias de suprimentos de alimentos orgânicos

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Cislaghi, Tatiane Pellin;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/9108565089331987;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Wegner, Douglas;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/1623033647698028;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1 Vieira, Luciana Marques;
metadataTrad.dc.contributor.advisor-co1Lattes http://lattes.cnpq.br/6760299710047895;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Gestão e Negócios;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Mecanismos de governança e geração de ganhos relacionais: uma análise em cadeias de suprimentos de alimentos orgânicos;
metadataTrad.dc.description.resumo Relacionamentos interorganizacionais no contexto das cadeias de suprimentos são influenciados por mecanismos de governança e por fatores contextuais relacionados ao ambiente no qual as organizações estão inseridas. O objetivo deste trabalho é analisar como o uso de mecanismos de governança influencia a maturidade dos relacionamentos entre comprador-fornecedor em cadeias de suprimentos e a geração de ganhos relacionais aos partícipes. A Visão Relacional foi utilizada como abordagem teórica do estudo e a pesquisa faz uso de métodos mistos com duas etapas. A etapa qualitativa foi realizada por meio de estudos de caso, onde foi analisado o fenômeno dentro do contexto de cadeias de suprimentos de alimentos orgânicos e a utilização de mecanismos de governança durante as fases de maturidade de relacionamentos entre comprador-fornecedor, com vistas à geração de ganhos relacionais. A etapa quantitativa consistiu em uma survey com 181 produtores orgânicos no Brasil com o propósito de verificar a relação entre os mecanismos de governança e a geração de ganhos relacionais integrando os resultados à análise dos dados qualitativos. Os resultados confirmaram que o uso complementar de mecanismos de governança pode influenciar a geração de ganhos relacionais e na continuidade do relacionamento. Os fatores contextuais, tempo de relacionamento, assimetria de poder e incerteza na demanda não demonstraram influência sobre os mecanismos de governança para a geração de ganhos relacionais. Por outro lado, o incentivo no uso de mecanismos informais pelas práticas das empresas compradoras, como o reforço social e o compartilhamento da cultura organizacional, demonstrou ser importante para a ampliação desses ganhos. Ainda assim, a diminuição da assimetria de poder por parte da empresa compradora pode permitir uma governança baseada em maior uso de mecanismos informais. Isso gera ganhos relacionais e valor nos relacionamentos diferenciando-os de díades concorrentes. O estudo contribui teoricamente com os pressupostos do modelo dinâmico da Visão Relacional, identificando que apesar das motivações iniciais relativas à complementaridade de recursos nas díades, a maturidade das relações demanda o uso de mecanismos de governança e fatores internos às organizações. As evidências demonstraram que o nível de maturidade dos relacionamentos interorganizacionais além de evoluir, também pode regredir. Como contribuição gerencial o estudo apresenta que quando a empresa compradora consegue manter a complementaridade no uso de mecanismos, e, ainda, impulsiona a utilização de mecanismos informais, a inércia relacional é minimizada, ou até mesmo evitada, e, por consequência, maiores são os ganhos relacionais. Ao mudar o foco de aspectos técnicos e transacionais para ênfase na valorização dos fornecedores, a empresa compradora pode auxiliar na mutualidade, ou seja, na congruência das expectativas dos membros, garantindo a continuidade das relações e evitando o retrocesso de fases de maturidade. Socialmente, o estudo contribui para valorizar o papel do agricultor orgânico e possibilitar por meio das evidências a reflexão do poder público e do empresariado para as dificuldades do setor. Além de buscar alternativas de como superar essas dificuldades em prol do aumento e disseminação da produção orgânica, não somente por meio de transações de natureza econômica, mas sim baseadas nas relações.;
metadataTrad.dc.description.abstract Interorganizational relationships in the supply chains context are influenced by governance mechanisms and contextual factors related to the environment in which organizations are embedded. The purpose of this study is to analyze how the use of governance mechanisms influences the maturity between buyer-supplier relationships in supply chains and the generation of relational rents related to participants. The Relational View is used as theoretical lens of this study which used mixed methods by two phases. The qualitative phase was carried out through case studies, that analyzed the phenomenon within the context of organic foods supply chains and the use of governance mechanisms during buyer-supplier relationships’ maturity phases in order to generate relational rents. The quantitative data in the second phase of this study consisted of a survey with 181 organic producers in Brazil. The purpose of this phase was verify the relationship between the governance mechanisms and the generation of relational rents integrating the results from the qualitative data analysis. The results confirmed that the complementary use of governance mechanisms influences the generation of relational rents and the continuity of the relationships. Contextual factors, relationship length, power asymmetry and demand uncertainty have not shown an influence on the governance mechanisms for the generation of relational rents. On the other hand, the incentive in the use of informal mechanisms by the practices of the buying companies, such as inter-firm social enforcement and culture sharing have been shown to be important for the expansion of these gains. Nevertheless, the diminishing power asymmetry by the part of the buying company can allow a governance based on greater use of informal mechanisms. This generates relational rents and value in relationships by differentiating them from competing dyads. Theoretically, this study contributes to the assumptions of the dynamic model of the Relational View, which identifies that despite the initial motivations related to the complementarity of resources in the dyads, the maturity of relationships demands the use of governance mechanisms and internal factors to the organizations. Evidences have shown that the level of maturity of interorganizational relationships may evolve, but may also regress. As a managerial contribution, the study shows that when the buying company is able to maintain complementarity in the use of mechanisms, it also encourages the use of informal mechanisms, relationships become more resilient to adverse events, relational inertia is minimized, or even avoided, and, consequently, the greater are the relational rents. By shifting the focus of technical and transactional aspects to emphasizing the valuation of suppliers, the buying company can help in mutuality, that is, in the harmony of the expectations of the members, guaranteeing the continuity of relationships and avoiding the regression of maturity phases. Socially, the study contributes to enhancing the role of the organic farmer and making it possible, through evidence, to reflect public and business leaders on the sector's difficulties. In addition, to seeking alternatives to overcome them in order to increase and disseminate organic production, not only through transactions of an economic nature, but based on relationships.;
metadataTrad.dc.subject Relacionamentos interorganizacionais (RIOs); Mecanismos de governança; Maturidade do relacionamento; Ganhos relacionais; Setor de alimentos orgânicos; Interorganizational relationships (IORs); Governance mechanisms; Maturity of the relationship; Relational rent; Organic food industry;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Sociais Aplicadas::Administração;
metadataTrad.dc.type Tese;
metadataTrad.dc.date.issued 2019-05-24;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/8719;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Administração;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics