RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Gestão verde em cadeias de suprimento: estudo nas cadeias de suprimento agroalimentares do arroz e do pêssego

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Herrmann, Felipe Fehlberg;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/7508035870278552;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Sellitto, Miguel Afonso;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/0203545749226007;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola Politécnica;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Gestão verde em cadeias de suprimento: estudo nas cadeias de suprimento agroalimentares do arroz e do pêssego;
metadataTrad.dc.description.resumo O estudo analisa as práticas verdes nas cadeias de suprimentos agroalimentares do arroz e do pêssego e suas relações com as categorias e dimensões no contexto das cadeias de suprimento e organizacional. O principal objetivo deste trabalho é propor um modelo para a avaliação da efetividade de implantação de práticas verdes em cadeias de suprimentos agroalimentares. A perspectiva teórica organiza as práticas verdes dentro de vinte e uma categorias, as quais estão agrupadas dentro de três dimensões, estratégia, inovação e operações. Sustentado em argumento fundamentados em uma revisão sistemática da literatura foram propostas cinco hipóteses deste estudo, as quais três associam as dimensões com a competitividade e, por outro lado, duas consideram a relação da reputação e resultado com a dimensão competitividade. O estudo quantitativo foi realizado por meio de um levantamento (survey) conduzido com 92 empresas das cadeias de suprimento agroalimentares do arroz e do pêssego. Por meio da análise fatorial analisou-se a confiabilidade e validou-se a mensuração dos construtos do modelo. Quanto as hipóteses foram testadas por meio da modelagem de equações estruturais e os resultados indicam que: (i) não foi encontrado relação entre o construto Estratégia e Competitividade; por outro lado, (ii) o construto Inovação está positivamente e significativamente associado com o construto Competitividade; (iii) o construto Operações está positivamente e significativamente associado com o construto Competitividade; (iv) os construtos Resultado e Reputação estão positivamente e significativamente associados com o construto Competitividade. A tese contribui com a proposição de um modelo que permiti avaliar as práticas verdes em cadeias de suprimento agroalimentares do arroz e do pêssego, ainda examina conceitualmente e empiricamente as relações das práticas verdes com os construtos competividade. Na conclusão, implicações teóricas e práticas dos resultados do estudo são discutidos e indicações para futuras pesquisas são elencadas.;
metadataTrad.dc.description.abstract This study analyzes the green practices in the agricultural supply chains of rice and peach, and examines their relationships with various categories and dimensions in the context of sustainable supply chain management/supply chains. The main objective of this study is to propose a model to evaluate the effectiveness of the implementation of green practices in agri-food supply chains. Existing theoretical research classifies green practices into 21 categories, which are grouped within three dimensions—strategy, innovation, and operations. Based on a systematic review of the literature, five hypotheses were proposed in this study, three of which associate the dimensions with competitiveness. On the other hand, the remaining two hypotheses take into consideration the relationships of reputation and result with competitiveness. A quantitative survey was conducted on 92 companies involved in the rice and peach supply chains. Factorial analysis was used to evaluate the reliability and validity of the constructs. The hypotheses were tested using structural equation modeling. The results were as follows: (i) no relationship was found between Strategy and Competitiveness; (ii) Innovation was positively associated with Competitiveness; (iii) the Operations dimension was strongly and positively associated with Competitiveness; and (iv) Result and Reputation were strongly and positively associated with Competitiveness. This research contributes to the literature by proposing a model that allows for the evaluation of green practices in rice and peach supply chains. In addition, the study conceptually and empirically examines the relationship between green practices and competitiveness of the (agricultural) supply chain” would read better here.;
metadataTrad.dc.subject Práticas-verdes; Gestão verde de cadeias de suprimento; Competitividade; Análise fatorial; Modelagem de equações estruturais; Green practices; Green supply chain management; Competitiveness; Factorial analysis; Structural equation modeling;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Engenharias::Engenharia de Produção;
metadataTrad.dc.type Tese;
metadataTrad.dc.date.issued 2018-06-25;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/7407;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics