RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Análise da integração industrial entre Brasil e o Mercosul

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Cavassola, Simone;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/6439522918658529;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Lélis, Marcos Tadeu Caputi;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/2560496153427299;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola de Gestão e Negócios;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Análise da integração industrial entre Brasil e o Mercosul;
metadataTrad.dc.description.resumo Este estudo busca identificar a existência e o nível de padrão de Comércio Intraindústria da Indústria de Transformação do Brasil com o Mercosul, tendo como referência o Brasil com o resto do mundo. Para esta análise utilizou-se o índice Grubel-Lloyd (1975), a partir dos dados de importação e exportação dos 99 setores da indústria de transformação, transacionados entre o Brasil e os países do Mercosul, e entre o Brasil e o mundo no período compreendido dos anos 2000 a 2014. Como resultados do estudo, é possível perceber o enfraquecimento do comércio brasileiro intrasetorial com o Mercosul e também com o restante do mundo. Ou seja, ao invés de aumentar a integração entre os países, em especial, membros do Mercosul, os resultados mostram uma diminuição dessa integração. Essa evidência contesta o desempenho que se espera da integração produtiva regional como um fator dinamizador econômico, visto fortemente na década de 1990. E em relação ao comércio do Brasil com o restante do mundo, identifica-se a exportação de um volume maior de bens primários, contra a importação de bens de intensidade tecnológica. Ao invés de realizar trocas dentro de um mesmo setor, como evidencia o Comércio Intraindústria, o maior volume de comércio entre o Brasil e o Mundo ocorre entre setores distintos.;
metadataTrad.dc.description.abstract This study aims to identify the existence and the level of Intra-Industry pattern between Brazilian and Mercosur industries, taking as reference to the trade pattern between Brazil and the rest of the world. For the analyses was considered the Grubel-Lloyd Index (1975), over imports and exports data of 99 sectors of the industry traded between Brazil and Mercosur countries and, between Brazil and the rest of the world from 2000 to 2014. The results revealed deterioration of Brazilian intersectoral commerce with Mercosur, as well with the rest of the world. In other words, it means that instead of improving productive integration among the countries, especially Mercosur members, the results expose the diminishing of integration. This evidence challenges the expected performance of regional productive integration as an economic enabling factor, seen strongly in the 1990's. The present work also demonstrates an increase in the exportation of primary goods from Brazil to the rest of the world, in contrast, the importation of goods of high technology. By the way, instead of indication of Intra-Industry trade, the greater trade between Brazil and the rest of the world takes place among different sectors.;
metadataTrad.dc.subject Comércio internacional; Comércio intraindústria; Integração produtiva regional; International trade; Regional productive integration; Intra-Industry trade;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Ciências Sociais Aplicadas::Economia;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2017-03-30;
metadataTrad.dc.description.sponsorship Nenhuma;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/6354;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Economia;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics