RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

ALLHEALTHCARE: um modelo de perfil de acompanhamento dinâmico para prontuário eletrônico pessoal

Mostrar registro simples

Autor Bertoncello, Vitor Secretti;
Lattes do autor http://lattes.cnpq.br/4340152256816041;
Orientador Costa, Cristiano André da;
Lattes do orientador http://lattes.cnpq.br/9637121030877187;
Instituição Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
Sigla da instituição Unisinos;
País da instituição Brasil;
Instituto/Departamento Escola Politécnica;
Idioma pt_BR;
Título ALLHEALTHCARE: um modelo de perfil de acompanhamento dinâmico para prontuário eletrônico pessoal;
Resumo O crescimento constante da expectativa de vida no Brasil trouxe à tona um desafio para a rede de atendimento de saúde. A maior longevidade da população resulta diretamente no aumento do registro de doenças crônicas, elevando a procura por atendimento médico. A superação desse desafio passa pela mudança no modelo de atendimento de saúde, cujo objetivo é inserir o paciente como membro ativo no cuidado ao próprio bem-estar. Esse novo modelo gerou demanda por novas soluções de tecnologia de informação e comunicação capazes de atender satisfatoriamente ao paciente, como soluções em computação móvel e ubíqua. Assim, o presente trabalho propõe o modelo chamado AllHealthcare, consistindo em uma solução de registro de saúde pessoal (PHR), em que o próprio paciente é capaz de construir um Perfil de Acompanhamento Dinâmico (PAD) para seus cuidados de saúde, de acordo com suas necessidades, e alterá-lo conforme novas demandas ou focos venham a ser considerados. Tal dinamismo na construção de um perfil personalizado é alcançado devido ao modelo proposto se basear em arquétipos do padrão OpenEHR, o que também atribui a característica de interoperabilidade semântica à presente proposta. Em revisão de pesquisas com foco em PHR, grande parte das soluções encontradas são concebidas e focadas para tratamento de determinada doença, ou seus modelos não atendem a um conjunto de requisitos operacionais importantes e atuais, como a mobilidade do cuidado de saúde e a interoperabilidade semântica das informações de saúde. Do modelo proposto, foi implementado um protótipo funcional, o qual passou por três etapas de avaliação. Nas três etapas de avaliação os resultados foram positivos e e os participantes apontaram um conjunto de possíveis melhorias, mesmo assim, aplicando-se o modelo de aceitação de tecnologia (TAM) a 22 usuários do protótipo, obteve uma aceitação média de 86,6%.;
Abstract The constant growth of life expectancy in Brazil brought to the focus a challenge for the healthcare systems. The increased longevity of the population directly results in increased registration of chronic diseases, increasing the demand for healthcare. Overcoming this challenge is to change the health care model, whose goal is to insert the patient as an active member in the care of own welness. This new model has generated demand for new information and communication technologies solutions able to satisfactorily meet the patient, as solutions in mobile and ubiquitous computing. Thus, this paper proposes the model called AllHealthcare, consisting of a personal health record (PHR) solution that the patient is able to build a Dynamic Accompanying Profile (PAD) for their health care, according to their needs, and change it as new demands or focus may be considered. This dynamism in building a custom profile is achieved due to the proposed model is based on openEHR standard archetypes, which also provides the feature of semantic interoperability to this proposal. In a review research focusing on PHR, most of the solutions founded are designed and focused for treatment of a particular disease or their models do not fulfill a number of important and current operational requirements, such as healthcare mobility and semantic interoperability of health information. From the proposed model, a functional prototype was implemented, underwent through three stages of evaluation. In the three evaluation stages, the results were positive and the participants pointed out a set of possible improvements, even though applying the technology acceptance model (TAM) to 22 prototype users, obtained an average acceptance of 86.6%.;
Palavras-chaves Prontuário eletrônico; PHR; Computação móvel; Cuidados ubíquos; Computação ubíqua; Computação aplicada à saúde; Personal health record; Mobile computing; Ubiquitous care; Ubiquitous computing; Computing applied to healthcare;
Área(s) do conhecimento ACCNPQ::Ciências Exatas e da Terra::Ciência da Computação;
Tipo Dissertação;
Data de defesa 2017-02-21;
Agência de fomento Nenhuma;
Direitos de acesso openAccess;
URI http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/6230;
Programa Programa de Pós-Graduação em Computação Aplicada;


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Buscar

Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística