RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Vida útil de rodovias de pavimento flexível: avaliação da redução da vida útil de rodovias causada por veículos de transporte com excesso de carga

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Vargas, João Paulo de;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Bruxel, Danielle de Souza Clerman;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/4166626752660120;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.title Vida útil de rodovias de pavimento flexível: avaliação da redução da vida útil de rodovias causada por veículos de transporte com excesso de carga;
metadataTrad.dc.description.resumo O transporte rodoviário é o mais utilizado no Brasil para a movimentação de cargas e pessoas, entretanto muitas vezes as condições de uso das rodovias brasileiras são precárias, o que gera desconforto, gastos, atrasos e perigos para os seus usuários. As más condições das vias podem estar relacionadas a diversos fatores como falta de investimento, mão-de-obra não qualificada, materiais de baixa qualidade ou erros de projeto. Porém, mesmo cuidando para que todos estes fatores não afetem a via, as estradas ainda sofrem com o uso indevido dos veículos de carga média e pesada, pois muitos destes trafegam com cargas acima do permitido pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), órgão normativo do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) e que impõe os limites de carga para cada classificação de veículo. As cargas em excesso não são previstas em projeto e as mesmas são uma das maiores geradoras de patologias nas estruturas das rodovias, podendo causar danos severos e reduzir a vida útil de projeto do pavimento ao mesmo tempo em que aumentam a necessidade de manutenção. Os danos mais frequentes gerados pelo excesso de carga são as trincas por fadiga e a deformação plástica ou afundamento. Tendo conhecimento destes problemas, foram analisadas diferentes composições de cargas em um único dimensionamento de pavimento feito no software MeDiNa. Foi utilizada a contagem de veículos fornecida pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) na BR-116, trecho localizado no Paraná, para elaborar o estudo de tráfego do projeto. A infraestrutura da rodovia foi dimensionada a partir dos dados obtidos no estudo e com os materiais fornecidos pelo MeDiNa. Os resultados mostram que a sobrecarga transportada pode afetar a vida útil da rodovia a ponto de elevar consideravelmente os danos causados na mesma. As análises foram feitas com sobrecargas de 5%, 10%, 20% e 30% em metade do Volume Médio Diário (VMD) de projeto. Além disso, as análises feitas sinalizam que mesmo a sobrecarga de 5% pode reduzir a vida útil do pavimento em mais de 10%.;
metadataTrad.dc.subject Vida útil; Sobrecarga; MeDiNa; Veículos de transporte; Excesso; Carga;
metadataTrad.dc.type TCC;
metadataTrad.dc.date.issued 2021-06-28;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/11459;
metadataTrad.dc.audience.educationLevel Graduação;
metadataTrad.dc.curso Engenharia Civil;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics