RDBU| Repositório Digital da Biblioteca da Unisinos

Memes, memes everywhere: aprendizagem colaborativa de língua inglesa através da leitura e produção de memes

Show simple item record

metadataTrad.dc.contributor.author Nunes, Mariana Backes;
metadataTrad.dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/1509452237904508;
metadataTrad.dc.contributor.advisor Lima, Marília dos Santos;
metadataTrad.dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/9415114271961678;
metadataTrad.dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos;
metadataTrad.dc.publisher.initials Unisinos;
metadataTrad.dc.publisher.country Brasil;
metadataTrad.dc.publisher.department Escola da Indústria Criativa;
metadataTrad.dc.language pt_BR;
metadataTrad.dc.title Memes, memes everywhere: aprendizagem colaborativa de língua inglesa através da leitura e produção de memes;
metadataTrad.dc.description.resumo As mudanças sociais e comunicacionais dos últimos tempos deram espaço para o advento de novas tecnologias que modificaram as práticas sociais de leitura e escrita, possibilitando o surgimento de novos gêneros textuais, como o meme, tema desta pesquisa. Memes podem ser definidos como práticas da internet que se espalham de maneira viral, repetindo um modelo formal básico. São geralmente textos construídos por amadores, caracterizados pela intertextualidade, pela justaposição e, principalmente, pelo humor. Logo, por se tratar de um gênero textual multimodal da internet, consideramos nessa pesquisa os conceitos de novos letramentos, sugerido por Lankshear e Knobel (2007), e de multimodalidade, explorado por Kress (2003), além da teoria sociocultural de aprendizagem, baseada nos estudos de Vygotsky e de seus seguidores (LANTOLF, 2011; SWAIN, 2000), já que a colaboração tem um papel fundamental nas práticas letradas do século XXI. Buscamos, assim, entender o papel desses elementos na sala de aula de língua inglesa ao investigar como ocorrem os processos de leitura e produção colaborativa de memes por alunos, futuros professores dessa mesma língua. Para tanto, a metodologia utilizada neste trabalho é qualitativa, tendo como participantes da pesquisa graduandos em Letras, com nível intermediário em inglês. Para a geração de dados, foram aplicadas tarefas colaborativas em que os alunos leram e produziram memes tendo como temática central a vida universitária. Por sua vez, na análise dos dados, são apontados momentos de colaboração entre os estudantes e entre os estudantes e a professora, assim como é feito um mapeamento dos conhecimentos prévios dos alunos sobre os memes. A pesquisa visou a fomentar a utilização de tecnologias digitais como mediadoras do ensino e aprendizagem de língua estrangeira, de maneira que professores em formação se sentissem desafiados e instigados a buscar maiores informações sobre os novos letramentos a fim de que futuramente possamos vê-los empregados em sala de aula.;
metadataTrad.dc.description.abstract The social and communication changes of recent times gave space for the advent of new technologies that modified the social practices of reading and writing, allowing the emergence of new textual genres, such as memes, the theme of this research. Memes can be defined as internet practices that spread in a viral manner, repeating a basic formal model. They are usually texts written by amateurs, characterized by intertextuality, juxtaposition, and, mainly, humor. Therefore, because it is a multimodal textual genre from the internet, we consider the concepts of new literacies, suggested by Lankshear and Knobel (2007), and multimodality, explored by Kress (2003), as well as sociocultural theory of learning, based on the studies of Vygotsky and his followers (LANTOLF, 2011; SWAIN, 2000), since collaboration plays a fundamental role in the literate practices of the 21st century. We thus sought to understand the role of these elements in the English language classroom by investigating how the processes of reading and collaborative production of memes by students, future teachers of the same language, occur. To do that, the methodology used in this work is qualitative-interpretative, having Letras students with an intermediate level of proficiency in English as participants of the research. For that generation, collaborative tasks were developed in which the students read and produced memes having university life as the central theme. At the same time, in the data analysis, moments of collaboration between the students and between the students and the teacher are pointed out, as well as a mapping of students' previous knowledge about memes. The research aimed to encourage the use of digital technologies as mediators of foreign language teaching and learning so that preservice teachers are challenged and instigated to seek more information about the new literacies in order that we can see them more present in the classrooms in the future.;
metadataTrad.dc.subject Língua estrangeira; Ensino e aprendizagem; Novos letramentos; Colaboração; Memes;
metadataTrad.dc.subject.cnpq ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::Lingüística;
metadataTrad.dc.type Dissertação;
metadataTrad.dc.date.issued 2020-02-27;
metadataTrad.dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
metadataTrad.dc.rights openAccess;
metadataTrad.dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/9112;
metadataTrad.dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada;


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search

Advanced Search

Browse

My Account

Statistics